Acidente aéreo com jogadores do Palmas entristece o futebol

 



 

O futebol brasileiro está de luto, com o acidente aéreo que matou o presidente do Palmas Futebol e Regatas, da cidade de Palmas, capital de Tocantins, na manhã deste domingo, 24/01/2021, além de quatro jogadores: Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari. O piloto da aeronave, conhecido como Comandante Wagner, também pereceu.

Segundo informação do Palmas, o avião decolou e caiu no fim da pista da Associação Tocantinense de Aviação. Os atletas viajavam a Goiânia a fim de disputar, nesta segunda-feira (25), uma partida da Copa Verde contra o Vila Nova. Uma parte da delegação já se encontrava na capital de Goiás.

O Vila Nova lamentou o ocorrido e, em nota desejou que “todos os amigos e familiares das vítimas sejam consolados no colo do Pai neste momento de tamanha angústia e tristeza.

O clube goiano afirma, ainda, que corroborará com o adiamento da partida programada para esta segunda (25) e prestará uma homenagem aos mortos no jogo da próxima quinta-feira, 28, pelo Campeonato Goiano.

 

Comentários

Postar um comentário