ANÁLISE DA RODADA

 UMA VITÓRIA E DUAS DERROTAS


Kieza, pênalti perdido e gol no Paraná (Paulo Paiva/AGIF)



 

O Náutico, no sofrimento, com o goleiro adversário, Renan, defendendo dois pênaltis, cobrados por Kieza e Jean Carlos, conseguiu passar pelo Paraná, nos Aflitos (2 x 1, gols de Kieza e Erick) e sair da incômoda zona de rebaixamento da Série B.

Agora, na 15ª posição, com 38 pontos, o Timbu se prepara para receber nesta terça-feira (12), o líder América Mineiro (1º / 66), time do divertido Lisca. O Coelho caminha inexoravelmente para uma nova chegada à Série A. Só para lembrar, o América deu uma surra sábado passado (9), no Vitória, de 4 x 0.

Por sua vez, Sport e Santa Cruz capitularam, o primeiro em seu domínio, o segundo na casa do adversário.

FOI NÃO FOI

O Sport recebeu um misto do Palmeiras, levou um gol no começo do jogo (Wilton) e ficou nisso. Creio que o empate teria sido de bom tamanho.

Como futebol é detalhe – pelo menos diz o jargão futebolístico –, o fato destacado do jogo disputado na Ilha do Retiro foi a confusão causada pelo árbitro Dyorgenes José Padovani de Andrade. O capixaba marcou um pênalti no penúltimo minuto, quando a bola bateu na mão de Rony, ex-Náutico, dentro da área. É verdade que a pelota não levava o caminho do gol, mas o jogador palmeirense mexeu no braço. O técnico Jair Ventura deu pulos de contentamento, mas amarrou a cara quando o juiz, depois de consultar o VAR anulou o pênalti. Para mim, uma decisão errada.


O Sport levou um gokl ni começo do jogo (Paulo Paiva/AGIF)


O Sport permaneceu na 14ª colocação, com 32 pontos, mesma pontuação do Vasco, agora 15º, e do Fortaleza, 16º. A vantagem do Leão da Ilha do Retiro para eles é no saldo de gol. Seu próximo jogo será sábado (16), no Maracanã, contra o Fluminense (7º / 43).

COBRA NO RABO DA FILA

O Santa Cruz sofreu sua segunda derrota no ‘pantanal’ goiano. Perdeu por 2 x 1 para o Vila Nova, e está carregando a lanterna do Quadrangular A da Série C, cuja situação é esta:

1º) Vila Nova, 7

2º) Brusque, 6

3º) Ituano, 5

4º) Santa Cruz, 5

O Ituano está na vantagem no saldo de gol. Brusque e Ituano fecham a quinta e penúltima rodada, enfrentando-se em Santa Catarina nesta segunda-feira (11), às 18h. O torcedor do Santinha quer um empate. E o do Vila Nova também.

Em Goiânia houve um jogo atípico, sob temporal e com várias poças no campo. O gol do Santa, marcado por Chiquinho, saiu tardiamente, faltando um minuto para o jogo terminar. E ainda houve um chute no travessão.

O Santinha reagiu tardiamente
 

NA FOICE

E agora? O Santa Cruz precisa, sobretudo, derrotar o Brusque, domingo que vem, no Arruda.

Se vencer o Ituano nesta segunda, em Brusque, o time catarinense chegará ao Recife já com 9 pontos, e com o acesso assegurado. A outra vaga, então, será disputada numa briga de foice por Vila Nova (7), Ituano (5) e Santa Cruz (5).

 

POLÍTICA NO FUTEBOL

Leio na coluna Edmar Lyra, na Folha de Pernambuco, esta notícia: “O partido Solidariedade (SD) foi ao Supremo Tribunal Federal com uma ação para pedir que Leven Siano tome posse como presidente do clube de futebol Vasco da Gama, do Rio de Janeiro. Na eleição em novembro, outro candidato foi o mais votado no clube. O relator do caso será o ministro Dias Toffoli. A inusitada ação surpreendeu o mundo jurídico, pois clubes de futebol são entidades privadas”.

CUIDADO NELA

Vale salientar que a Fifa pune rigorosamente clubes, federações ou ligas que procurem a Justiça Comum antes de o processo percorrer todas as esferas esportivas. É verdade que a questão não foi levantada pelo Vasco, mas por um partido político. Será que pode sobrar para o Almirante?

VICETÓRIA

O baiano Elney Pintangueira de Andrade é um fervoroso torcedor do Bahia, cuja camisa foi vestida profissionalmente por seu pai, o potiguar Ney Andrade, lateral esquerdo procedente do ABC, que defendeu o Sport e o América, no Recife, antes de se integrar ao Esquadrão de Aço.

Elney evita usar o nome do Vitória, o grande rival do Bahia, seja em que circunstância for. Ao mencionar um feito de seu time, prefere dizer que o Bahia obteve um grande triunfo, mas não menciona a palavra vitória. E usa mais um deboche, tratando o Vitória por Vicetória.

MURILO FALCÃO

Com a morte de Murilo Falcão, o presidente da FPF, Evandro Carvalho perdeu um importante colaborador. Exercendo o cargo de diretor de Competições, cuidava com muita obstinação dos diversos campeonatos organizados pela entidade que comanda o futebol pernambucano, como as Séries A 1 e 2, Sub-15, Sub-17, Sub-20, etc.

O REMO CHEGOU

O Clube do Remo assegurou seu retorno à Série B do Campeonato Brasileiro, com a vitória deste domingo (10) sobre o Paysandu, no clássico paraense, denominado Re-Pa. Placar de 1 x 0, gol assinalado pelo centroavante Salatiel, jogador emprestado pelo Náutico e que, acredito, vai terminar ficando de vez no Leão Azul.


Salatiel sendo festejado pelo gol (FernandoTorres/AGIF)


Comentários

Postar um comentário